17) Músicas roubadas

marvin-gaye

Não sei quantos de vocês vão entender o que quero dizer com esse post, (não que eu me importe com isso) afinal, não sei quantos de vocês são tão ligados com música quanto eu sou, mas como essa é MINHA lista de ódio, azar o de vocês, a serventia da casa é o mini X lado direito superior da tela.

Tem coisa melhor que se apaixonar? Aquele sentimento gostoso de novidade, de inicio de relacionamento, a troca de informações pra ver se tudo bate, o de sempre, todos sabem do que eu to falando.

Aí entramos no campo musical, muito importante pra mim por sinal, e começa aquela troca de músicas, apresentação de bandas novas, estilos novos e é lógico que você mostra aquilo que mais gosta, assim como espera receber músicas que a menina gosta, aliás, as músicas dizem muito de uma pessoa.

O tempo passa, você, querendo ou não, começa a pensar nas músicas do casal, elas já deixaram de ser somente sua (não todas, só aquelas especiais) e qual o próximo passo? Lembrar da menina quando você ouve tal música, que lindo e perfeito, o casal tem uma música (ou mais, quem sabe?) até que …BUM… o relacionamento acabou, não importa muito o motivo nesse caso.

O que sobra? Um coração partido (ou dois, vai saber), uma falta sem tamanho da pessoa que partiu, tristeza, choro, o de sempre, todos sabem do que eu to falando.
Não sei se lembram que no começo do texto eu falei que eu sou muito ligado à música então o que eu costumo fazer em situações como essa é ouvir músicas. Não sei, devo ter uns 10 gigas só de músicas no meu PC e mais uns 8 gigas no trabalho, é música pra cacete, ok, eu sei disso.

Acontece que, depois de um termino, desses 18 gigas, no mínimo, 2 gigas serão inutilizados, porque a sua ex-namorada “roubou” várias músicas de você, tornando musica do casal, uma vez que o casal deixou de existir, a música ainda fica atrelada à relação inexistente, fazendo com que você prefira colocar abelhas africanas no ouvido do que ouvir aquelas malditas músicas. E mesmo que você supere e parta pra outra, fica difícil desvencilhar a música de uma pessoa depois que ela foi colocada.

Ou seja, não só você perdeu a namorada, como algumas ótimas músicas que você tinha no seu repertório.

A partir de hoje, vou começar a mandar músicas do É o tchan e Carrapixo, assim não corro o risco de mais alguém roubar minhas músicas!

15 Responses to “17) Músicas roubadas”

  1. Sarah Says:

    Incrivel vc escrever sobre isso, ainda hoje eu tava deletando a pasta de mp3 do ex aqui no PC, deixei umas 2 ou 3 no maximo, pq as outras tantas me lembravam ele.

    Bom, quanto a gosto musical, adoro o seu, Michael Buble aprendi a gostar por vc, asism como “n” outras musicas e bandas.
    Bjao fe!

  2. luckysquall Says:

    Sei exatamente o sentimento. Mas ainda assim, continuo ouvindo as músicas, elas não deixam de ser boas mesmo assim.

    Mais cedo ou mais tarde, você deixa de fazer a ligação música/pessoa. Caso contrário, eu não ouviria 75% da minha playlist😛

  3. Diogo Says:

    UHAEUHEAUEAHUAE

    SE FODEU!!!!!

    UHAEUAEUEAHAEU

    outras soluções?
    Não termine o relacionamento(lógico, se valer a pena realmente)ou (já que é tão importante para vc) ESPERE MAIS antes de dividir as musicas (mais ou menos como deixar de usar camisinha)

    Juro que quando comecei a ler o post achei que era de cantores que roubam musicas

    tipo essas filhas de cantores famosos que roubasm musicas consagardas(não pelos seus pais, isso seria feio)

    mas de cantores mortos

    alias
    quando uma cantora diz que vai fazer uma releitura agente ja sabe que vão cagar em alguma coisa que agente adora e sabe cantar inteira mesmo resolvendo calculos matematicos).

    bom
    não tenho esse problema

    adoros musicas especificas mais ou menos por 4 ou 5 meses, não sou tão licado a canções como você

  4. Lucas Says:

    Elysian Fields, Bourbon Princess, Portishead, Lovage, Johnny Cash, Cranberries, Yann Tiersen, Nina Simone, eu poderia ficar aqui citando mais bandas, mas essas é só o começo das que a filha da puta da minha ex levou de mim, tenho ódio disso, seu post veio a acalhar numa hora boa, mas o pior não é só isso, é quando a mesma filha da puta além de roubar músicas suas ainda passa a escrever como você, falando as mesmas palavras que você sabe que ela jamais usaria se não o conhecesse e depois sair pagandod e intelectual, realmente eu odeio isso, ex deveria morrer assim que se tornasse ex, exterminar da face da Terra, porque no mais, o pessoa para ter o dom de ser inconveniente viu.

  5. Di Says:

    Ah, essa é otima, e muito classica!
    Eu devo dizer que aprendi a gostar de muitas musicas e estilos devido a outras pessoas, sem duvida, e sempre existe aquela uma ou outra musica que marcou um momento com um certo alguem. E se a coisa termina, realmente fica meio dificil continuar ouvindo a musica com o mesmo interesse de antes.
    Eu, obviamente, não costumo ter esse problema. Apesar de dificilmente saber nome de banda, estilo ou qualquer coisa do genero, gosto demais de musica pra me desfazer de alguma. Alem de que, por algum acaso do destino, eu realmente não tendo a me prender na parte ruim das coisas, como o fato de terminar um relacionamento, mas sim fico lembrando das coisas boas. Assim, quando ouço a musica X ela não me faz sentir mal, mas me da uma sensação boa, de que vivi algo bom pra ser lembrado. Mas essa sou eu…

  6. Misato-Mary Says:

    KKKKKKKKKKKK

    Carrapicho…….xDDDDDDDDDDDDDDDDDDD~~~~

    Adorei o texto….pior que é verdade..¬¬’…é por isso que nos meus 5 anos de relacionamento…não temos música!!! YES!!!!!!!!!

    rsrsrs

  7. Bruna Says:

    Ah não, isso passa Fê.
    Como o Rafael ali falou. Sempre uma fica. Fica mesmo, fica.
    Ouça músicas rancorosas. Tipo “Piss all over your grave” nesse tempo que vc ainda não esqueceu a outra pessoa.

    Daqui uns 3~4 meses, quando vc se lembrar da pessoa, será ouvindo essa música.

    Do meu último relacionamento me lembro de uma em especial. É ótimo, fala sobre “You’re not half the man you’d like to be…”

    hehehe =D

  8. Flávia Says:

    Ando achando bem mais válido socar a ex do que sacrificar a música que gosta tanto, pra que consideração não é mesmo?
    E passar tempo escutando a música e pensar que ela foi roubada pela pessoa é não conseguir desvencilhar, então bem melhor matar a pessoa mesmo.

  9. Fernanda Says:

    menino,isso dá uma raiiiiiiiiiiiiiva!!!!!às vezes nem é intencional,tá ouvindo aquela música que não tem nada a ver ,mas pensa na pessoa.mais tarde quando vê, outra música jogada fora.O negócio é se esforçar pra não relacionar uma música com a pessoa.se relacionar,coloca funk,axé,coisas do tipo,que você sabe que não vai ouvir mesmo kkkkkkkkkk ( a não ser que vc seja fã de funk e axé)

    bjs

  10. Fernanda Says:

    ah,eu achei seu blogger futucando tudo que era blogger kkkkkkkkkk
    aliás,eu adorei ele!!! já está nos meus favoritos ^^
    bjs

  11. Na Says:

    Realmente concordo com vc… mais não consigo deixar de ouvir minhas músicas…. afinal…. tem muitas músicas q me lembram situações sem te-las ouvido na época do fato.. rs

    TO COM SAUDADEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
    beijins

  12. DS Says:

    E ae mermão, bem legal isso aqui =D
    Agora pense no seguinte, o que é pior pra você:

    a) Você escutar aquele som legal, lembrar da sua ex, mas alienar e pensar no som legal, ou compartilhar com uma nova.

    b) Ter de ouvir é o tchan e demais aberrações o tempo todo que estiver com ela, e ainda emburrece-la muito, coitada.

    A b) pra mim é a própria visão do inferno, nem uma top model cantando pagodes/sertanejos e demais dá cara, no 3o dia você iria espancá-la ou querer ficar surdo…

  13. Dan Says:

    UAU!! Você tem esse tipo de sentimento, fiquei realmente surpresa!!! rsrsrsrs

  14. Hanna Says:

    Fui parar no blog procurando o sabor da jujuba azul (é anis, obrigada!) e achei esse blog e fui lendo, lendo, lendo e já tou em 2009, me sentindo uma louca.

    E esse post ate agora é o que eu mais quis comentar OBRIGADA POR MANIFESTAR-SE SOBRE ISSO.

    É terrível mesmo. Mas eu persevero, cato quem mais goste e tento associar com outras pessoas.

    Mais uma vez: adorei o blog. Parabéns.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: